Loading...

Portugal vence prémio europeu de inovação agro-alimentar

À quarta participação na iniciativa ECOTROPHELIA Europe, Portugal arrecada o primeiro prémio naquela que é a maior competição europeia em eco-inovação alimentar. O preparado fermentado OrangeBee, desenvolvido por duas alunas da Universidade de Aveiro, foi o grande vencedor da 13ª edição desta competição que promove a inovação, o empreendedorismo e a competitividade do setor agroalimentar europeu, desafiando estudantes do ensino superior a desenvolverem produtos inovadores e sustentáveis. Este projeto tinha já sido galardoado com o primeiro lugar na edição do Ecotrophelia Portugal, uma iniciativa no nosso país liderada pela PortugalFoods e apoiada, entre outros parceiros, pelo TECMAIA.

 

Bárbara Vitoriano e Adelaide Olim, alunas de mestrado em biotecnologia alimentar e design, respetivamente, na Universidade de Aveiro, desenvolveram um preparado fermentado de aquafaba (água que resulta da cozedura de leguminosas) com uma camada de geleia de laranja, polvilhado com pólen apícola. Este produto alimentar, que pode ser utilizado, por exemplo, como sobremesa, reutiliza resíduos habitualmente desprezados pela indústria alimentar, foi premiado pelo júri europeu, liderado pela multinacional Nestlé.

 

Ainda esta semana, Bárbara Vitoriano e Adelaide Odim, juntamente com Deolinda Silva da Portugal Foods, estarão à conversa no "CAPAZ", o podcast do TECMAIA para a inovação com carimbo português.